Retomada das Celebrações da Palavra nas Comunidades

Com o retorno das missas presenciais, algumas comunidades também retomaram as Celebrações da Palavra. Por área Pastoral, a exceção é a Área Serrana que está se preparando para setembro, conforme disse pe. Carlos Barbosa, pároco da paróquia São Sebastião e coordenador da Área Pastoral. Já nas paróquias algumas estão retomando, outras preparando para setembro e outras ainda sem data prevista. Em Vitória, na paróquia Nossa Senhora da Vitória (Catedral) quase todas as Comunidades retomaram as celebrações da Palavra no Dia dos Pais. A paróquia São Pedro Apóstolo das 12 comunidades, 2 retornaram com as celebrações em julho e 8 em agosto. Apenas a Comunidade Nossa Senhora Aparecida ainda não voltou.

Gustavo de Oliveira Gervasio, da equipe de liturgia diz que os protocolos obedecem às orientações sanitárias, as orientações da Arquidiocese e o aconselhamento do pároco, pe. Gilberto Domingos. Isto é, todos os participantes precisam usar máscara, e, na chegada tem álcool em gel e aferidor de temperatura. Para ele a maior dificuldade é a idade dos membros da Comunidade: “pessoas idosas e de grupo de risco que dificultam a retomada, dado que estes não devem participar de Celebrações presenciais”.

No santuário Santo Antônio o Conselho ainda estuda a forma e a data para retornar com as Celebrações nas Comunidades.

Na Área Benevente, quem explicou como está funcionando a retomada nas comunidades foi o seminarista do 1º ano de teologia, Juliano do Nascimento Machado, que pertence à paróquia São José e, neste período de pandemia acompanha o pároco, pe. Ermindo nas 26 comunidades. Juliano afirma que as pessoas estão confiantes com a retomada “porque sentem falta da vida em comunidade”. Porém, cuidados são necessários e todas as comunidades seguem as orientações do Arcebispo e do pároco. “As próprias comunidades organizam uma listas com os nomes de quem deseja participar e assim conseguem controlar o número de pessoas. Acontece também que algumas pessoas preferem aguardar mais um tempo por receio de contaminação e continuar assistindo pelas redes sociais”.

A Área Serrana prevê a retomada para o início de setembro, dependendo do mapa de risco da região. A matriz da paróquia Santana pensou em retomar as Celebrações, mas acabou ficando com a decisão da Área Pastoral e celebra apenas as missas.

Na área Cariacica/Viana, as Celebrações da Palavra estão sendo retomadas, de forma gradativa. Especificamente na paróquia Santa Ana, é obrigatório o uso de máscara; a sinalização dos bancos para que o distanciamento seja mantido; a aferição de temperatura e caso esta esteja acima de 37,5 a pessoa é aconselhada a procurar serviço médico; formaram grupos de serviço para não permitirem que as pessoas se aglomerem; o ofertório é feito no próprio local, sem deslocamentos; o abraço da paz está suprimido, e, a Comunhão apenas sob a espécie de pão e na mão.

Para Marcelo da Comunidade Sagrada Família, paróquia Santa Ana e coordenador de Liturgia da Área Pastoral Cariacica/Viana há “necessidade de celebrar, “porque neste momento difícil de pandemia e outras questões sociais, políticas e ambientais, precisamos ter mais intimidade com Deus, mas vejo que teríamos que ter mais cautela, pois ainda não temos uma vacina e a população não tem seguido à risca as recomendações da OMS, Organização Mundial de Saúde. Acredito que a nossa Igreja poderia aguardar mais um pouco para retomar as atividades presenciais. Apesar de algumas cidades terem saído do mapa de risco, ainda estamos lidando com um inimigo muito perigoso”.

Na Área Vila Velha poucas paróquias retomaram as Celebrações da Palavra. Nas comunidades da paróquia Santa Cruz, o mês de setembro começa com Celebração da Palavra com o Diácono Permanente em 4 das 7 comunidades. Santa Rita e Nossa Senhora da Glória também retomam em setembro.  

Na área Pastoral de Serra/Fundão a retomada está a cargo de cada paróquia, mas estão sendo retomadas aos poucos. Segundo pe. Jones os fiéis estão muito conscientes e todos que retornam estão mantendo distanciamento social com lugares marcados, usando máscara e álcool em gel e fazendo a aferição da temperatura.

Compartilhe:
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
segunda-feira 5 abril
4:00 pm - 6:00 pm Missa Segundo Dia Oitavário
terça-feira 6 abril
4:00 pm - 6:00 pm Missa Terceiro Dia Oitavário
quarta-feira 7 abril
4:00 pm - 6:00 pm Missa Quarto Dia Oitavário
quinta-feira 8 abril
4:00 pm - 6:00 pm Missa Quinto Dia Oitavário
sexta-feira 9 abril
4:00 pm - 6:00 pm Missa Sexto Dia Oitavário
sábado 10 abril
4:00 pm - 6:00 pm Missa Sétimo Dia Oitavário
domingo 11 abril
4:00 pm - 6:00 pm Missa Oitavo Dia Oitavário
Nenhum evento encontrado!