Santo Antônio de Lisboa

13 junho, 2021

Santo António nasceu em Lisboa, Portugal, em 15 de agosto de 1195, século XII. Aos 15 anos, entrou para a confraria dos frades agostinianos. Tornou-se franciscanos quando viu três missionários indo para o Marrocos com o desejo ardente de serem mártires. Tempos depois esses frades faleceram. Quando os restos mortais deles voltaram para Portugal, despertou o desejo em Antônio para entrar na ordem dos frades menores. Passou a chamar-se Frei Antônio no século XIII. Em 1220, ingressou na ordem franciscana.Em 13 de junho de 1231, após uma crise de saúde, morreu a caminho de Pádua.  

A sua veneração foi trazida de Portugal para o Brasil, onde se enraizou rapidamente e também conquistou o coração do povo.

A história de Santo Antônio com a cidade de Vitória começou em 13 de junho de 1535, após explorar os arredores da ilha, os colonizadores descobriram uma grande ilha (atual ilha de Vitória), dando-lhe o nome de Ilha de Santo Antônio, em comemoração ao dia do santo católico.

Padre Roberto Camillato reitor do Santuário – Basílica de Santo Antônio, conta que Dom José Joaquim Gonçalves o quinto bispo da diocese do Espírito Santo, pediu ao papa Pio XII no ano de 1956 para declarar Nossa Senhora da Vitória e Santo Antônio como padroeiros simultâneos da cidade de Vitória. Assim ele o fez. Na década de 50 o papa Pio XII, declarou que Vitória teria dois padroeiros. Com isso Dom Joaquim incumbiu os religiosos Pavonianos de construir o Santuário. Em 1956, começou a construção do Santuário que só terminou 20 anos depois.

Santo Casamenteiro

Santo Antônio ganhou a fama de santo casamenteiro devido a diversas lendas populares. Uma delas foi que uma mulher, também devota do santo, não aguentava mais estar solteira por tanto tempo. Em um momento de raiva, ela pegou o santo e o arremessou da janela. A imagem acabou acertando um homem na rua. A moça foi socorrê-lo, pediu desculpas e logo eles iniciaram uma conversa que, posteriormente, se transformou em amor e eles se casaram. 

Responsório de Santo Antônio

Se milagres desejais,

Recorrei a Santo Antônio;

Vereis fugir o demônio

E as tentações infernais.

Recupera-se o perdido,

Rompe-se a dura prisão

E no auge do furacão

Cede o mar embravecido.

Pela sua intercessão

Foge a peste, o erro, a morte,

O fraco torna-se forte

E torna-se o enfermo são.

Repete-se: Recupera-se o perdido…

Todos os males humanos

Se moderam, se retiram,

Digam-no os que o viram,

E digam-no os paduanos.

Repete-se: Recupera-se o perdido…

Glória ao Pai, e ao Filho e ao Espírito Santo…

Repete-se: Recupera-se o perdido…

V: Rogai por nós, bem-aventurado Santo Antônio.

R: Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.

OREMOS: Deus eterno e omnipotente: Vós quisestes que o vosso povo encontrasse em Santo Antônio de Lisboa um grande pregador do Evangelho e um poderoso intercessor. Concedei-nos a graça de pôr em prática os seus ensinamentos, para que mereçamos tê-lo como guia e protetor em toda a nossa vida. Por Cristo, Senhor nosso. Amém.

Santuário – Basílica de Santo Antônio em Vitória – ES

Endereço: Rua Lodovico Pavoni, S/N – Bairro Santo Antônio – Vitória/ES – CEP: 29.026-290

Secretaria: Segunda-feira a Sexta-feira – 09h às 12h e das 14h às 18h

Telefone: (27) 3322-0703   •   (27) 99939-5104

 

Compartilhe:
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email

VÍDEOS

quinta-feira 29 julho
sábado 31 julho
domingo 1 agosto
Nenhum evento encontrado!

Facebook

endereço

R. Soldado Abílio Santos, 47
Centro, Vitória – ES, 29015-620

assine nossa newsletter

Seja o primeiro a receber nossas novidades!

© Copyright Arquidiocese de Vitória. Feito com por