Solenidade de Corpus Christi

8 junho, 2022

A Solenidade de Corpus Christi terá a presença de dom Dario Campos, arcebispo de Vitória, presidindo a missa na Catedral e de dom Andherson Franklin, bispo auxiliar, presidindo a missa na paróquia Nossa Senhora da Conceição em Guarapari. Na Catedral a confecção dos tapetes começa às 7h e a missa e procissão às 17h. As paróquias da área pastoral Benevente celebrarão missas pela manhã e à tarde estão convidadas a participar da missa e procissão com o bispo auxiliar às 16h.

Solenidade de Corpus Christi:

O dia de Corpus Christi é uma oportunidade para os cristãos celebrarem um dos sacramentos que fundamentam a Religião Católica: a Eucaristia. A expressão Corpus Christi vem do idioma antigo Latim e quer dizer “corpo de Cristo”.

A data para se celebrar o corpo e o sangue de Jesus Cristo materializados na eucaristia surgiu no ano de 1264. Na ocasião, o papa Urbano IV instituiu a celebração do Corpus Christi após dois episódios. O primeiro deles foi com Santa Juliana. Ela teve visões nas quais Jesus pedia que o ministério da eucaristia fosse celebrado com destaque.

Outro fator que levou à criação do Corpus Christi foi a ocorrência do chamado “Milagre de Bolsena”. O milagre ocorreu quando um sacerdote, Pedro de Praga, celebrava a Santa Missa em Bolsena, na cripta Santa Cristina, na Itália. Ao partir a Santa Hóstia, viu verter sangue dela . Logo que soube do ocorrido, o papa Urbano IV mandou reunir os objetos usados na celebração. Os mesmos estão guardados até hoje (sete séculos depois) na Basílica de Santa Cristina.

A festa de “Corpus Christi”, é um convite para uma meditação sobre o valor e a importância da Eucaristia em nossa vida. A Eucaristia é um dos sete Sacramentos e foi instituído na Última Ceia, quando Jesus disse: “Este é o meu Corpo… Isto é o meu Sangue… fazei isto em memória de mim” (Mt 26,26). Assim, vemos que quem pediu que nós ao longo dos tempos e da história celebrássemos a Eucaristia foi o próprio Cristo. A Igreja Católica cumpre este mandato até hoje, para perpetuar a presença salvadora de Jesus na história.

 

Tapetes:

Um dos símbolos mais famosos de Corpus Christi são as procissões que passam por tapetes coloridos com desenhos religiosos. Imagens de Jesus, do cálice de vinho, a Santa Hóstia e muitas outras inspirações em temas relacionados são moldados com as mais diferentes técnicas. São usados elementos como serragem, borra de café e grãos.

A tradição começou em Portugal, ainda no séculos XIII, e foi trazida pelos colonizadores para o Brasil. Assim, espalhou-se por todo o território nacional. A ideia dos tapetes surgiu porque os fiéis acreditavam que Jesus estaria andando pelas ruas da cidade. Assim, Cristo mereceria uma recepção grandiosa, com tapetes espalhados por passaria.

Fonte: informações de: marista.org.br e cnbb.org.br
Compartilhe:

VÍDEOS

segunda-feira 5 dezembro
quarta-feira 7 dezembro
quinta-feira 8 dezembro
Nenhum evento encontrado!

Facebook