Turismo Religioso: Santuário N. Sra da Saúde

“Um lugar de paz e devoção”. Assim, o bispo emérito da Diocese de Colatina, Dom Décio Sossai Zandonade, definiu o Santuário Nossa Senhora da Saúde, em Ibiraçu, onde atua como reitor. Quem chega ao local logo percebe o que Dom Décio quer dizer e nota uma atmosfera especial onde a natureza e a religiosidade popular interagem com grande força.

Foi justamente a força religiosa do povo e a tradição que trouxe de volta para o lugar de origem a Festa de Nossa Senhora da Saúde. Os missionários combonianos chegaram em Ibiraçu na década de 50 para construir o Seminário, hoje Instituto Espírito Santo de Inovação Social (IESIS). Durante o tempo que permaneceram na região, os missionários transferiram a festa, celebrada tradicionalmente no dia 21 de novembro, para o dia 15 de agosto e mudaram também o local passando a realizá-la no Seminário, onde também construíram uma capela para Nossa Senhora da Saúde.

“Quando eles foram embora, por volta de 1997, o povo voltou a realizar a festa no dia 21 de novembro, na igrejinha, no mesmo local onde a devoção havia iniciado. É interessante, pois não adianta mexer com a tradição do povo”, observou Dom Décio.

A devoção vem de longe, foi trazida para a região por imigrantes italianos em meados de 1880. Eles construíram uma capela dedicada à Nossa Senhora da Saúde, e em sinal de devoção, fixaram no interior da capela um quadro de Nossa Senhora. “Foi a primeira igrejinha, possivelmente construída com madeira e estuque, e neste local iniciaram a tradição de rezar o terço, fazer os pedidos e agradecer as graças alcançadas. As pessoas recebiam as graças e voltavam para agradecer e fazer mais pedidos. Em 1928 foi construída no lugar da capela, uma igrejinha de tijolos, que foi restaurada e continua sendo visitada pelos romeiros que vêm ao Santuário”, contou.

A romeira Maria de Fátima Lemos, foi ao Santuário com a Romaria do Apostolado da Oração no dia 15 de dezembro do ano passado, e conversou com a reportagem do Vicariato de Comunicação. Ela disse que conheceu a antiga igrejinha e a visitou muitas vezes quando era criança.

“Morava pertinho e tudo isso aqui era um sítio. Muitas famílias vinham rezar e participar das festas de Nossa Senhora da Saúde. As crianças ganhavam laranjas após as rezas. Foi um período muito bom”, contou. No dia 22 de dezembro, Dom Geraldo Lyrio Rocha, o primeiro bispo da Diocese de Colatina, esteve no Santuário para celebrar os 20 anos do Santuário Nossa Senhora da Saúde. Foi ele que em 1988, como conta Dom Décio, teve “uma inspiração celeste e na missa que presidia teve a intuição de decretar a igrejinha, Santuário Diocesano”.

“Para mim isso foi uma coisa de Deus e de Nossa Senhora, porque não é comum escolher uma igrejinha meio abandonada e decretá-la santuário, mas aconteceu. Depois Dom Geraldo foi transferido para Vitória da Conquista, e quando eu assumi como bispo, consegui que o Papa Bento XVI decretasse Nossa Senhora da Saúde a padroeira da Diocese de Colatina. Aí a coisa se alastrou facilmente. Esse foi um momento muito importante dessa história”, afirmou.

O CAMINHO DA SABEDORIA

O Santuário de Nossa Senhora da Saúde, conta Dom Décio, está inserido na rota do Caminho da Sabedoria, um trajeto de 110 quilômetros, criado em parceria com os monges do Mosteiro Zen no Morro da Vagem. Ao todo, são 23 pontos de referência histórica, 21 capelas e igrejas, além do Santuário e do Mosteiro. O cenário que proporciona uma verdadeira viagem pelo tempo, atravessando fazendas centenárias, matas, cachoeiras, igrejas antigas e estações ferroviárias, tem um trajeto que parte da Igreja Matriz de São Marcos e segue por Pedro Palácios, Pendanga, Piabas, São Pedro, Rio Lampê, Santo Antônio, finalizando no Santuário de Nossa Senhora da Saúde.

O percurso, segundo Dom Décio, é feito em uma semana, em média, e a comunidade já entrou no espírito de acolher e hospedar os peregrinos. O Caminho, além de belo, valoriza a natureza, a espiritualidade e a conscientização ambiental.

Horários de celebrações no Santuário Diocesano Nossa Senhora da Saúde

  • De segunda à sexta às 7h30
  • Sábado às 18h
  • Domingo às 8h30 e às 18h.

Todo dia 21 de cada mês, dia dedicado à Nossa Senhora da Saúde, celebrações às 7h e às 19 horas; Santo Ofício às 18 horas.

Informações

Santuário Diocesano Nossa Senhora da Saúde fica em Ibiraçu (ES) e representa o maior centro de devoção mariana do norte do Espírito Santo. Passam por lá milhares de pessoas em busca de paz e consolo.

Para mais informações acesse www.maedasaude.org.br

Endereço: Rua Paulina Recla Cecatto, 900, Aricanga

CEP: 29.670-000 – Ibiraçu (ES)

Telefones: (27) 3257-1252 / (27) 99947-8507 / (27) 99516-8663 / (27) 99717-5293

Compartilhe:
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
segunda-feira 5 abril
4:00 pm - 6:00 pm Missa Segundo Dia Oitavário
terça-feira 6 abril
4:00 pm - 6:00 pm Missa Terceiro Dia Oitavário
quarta-feira 7 abril
4:00 pm - 6:00 pm Missa Quarto Dia Oitavário
quinta-feira 8 abril
4:00 pm - 6:00 pm Missa Quinto Dia Oitavário
sexta-feira 9 abril
4:00 pm - 6:00 pm Missa Sexto Dia Oitavário
sábado 10 abril
4:00 pm - 6:00 pm Missa Sétimo Dia Oitavário
domingo 11 abril
4:00 pm - 6:00 pm Missa Oitavo Dia Oitavário
Nenhum evento encontrado!